La Réserve Ramatuelle: paraíso ao lado da badalada St. Tropez

O La Réserve Ramatuelle fica na Riviera Francesa, considerada uma das áreas mais bonitas e luxuosas do mundo

Não poderia imaginar que as 4 horas de trem combinadas com mais uma hora e meia de carro me levariam a um dos lugares mais lindos que já conheci: Ramatuelle, na França. Claro que o “conjunto da obra” deixou a experiência ainda melhor. Conhecer a região pousando diretamente no La Réserve Ramatuelle é inesquecível.

Era verão, então assim que descemos do carro, já sentimos a brisa do mar, o ar quente da estação e não precisou muito para recebermos a energia da apreciada região da Côte D’Azur, também conhecida como Riviera Francesa, considerada uma das áreas mais bonitas, luxuosas e sofisticadas do mundo.

JÁ SEGUE O TRIP TO FOLLOW NO INSTAGRAM? @TRIPTOFOLLOW

Recepção do La Réserve Ramatuelle (Foto: Divulgação)

Recepção do La Réserve Ramatuelle (Foto: Divulgação)

A clara e moderna recepção do hotel é bastante convidativa para um suco natural com vista para o mar depois da longa viagem, que para nós, teve início em Paris após alguns dias no La Réserve Paris.

A verdade é que você chega em um hotel luxuosissímo, mas é recebido como se estivesse em casa. O La Réserve Ramatuelle não tem tapete vermelho estendido, mas a forma acolhedora que somos recebidos, o conforto e toda a experiência resumem parte de como é uma estadia por lá. É o famoso luxo discreto.

Leia também

Nossa villa no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Nossa villa no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

|O La Réserve Ramatuelle

SERVIÇO
La Réserve Ramatuelle

Site: www.lareserve-ramatuelle.com
Endereço: Chemin de la Quessine 83350
Telefone: +33 4 94 44 94 44
Facebook: La Réserve Ramatuelle
Instagram: @lareserve_ramatuelle

O La Réserve Ramatuelle é o pioneiro do grupo de Michel Reybier, proprietário dos hotéis, todos 5 estrelas. Além de Ramatuelle, eles também estão localizados em Paris e Genebra.

Parte das construções do La Réserve Ramatuelle já existia e é datada da década de 70. Ficou abandonada por algum tempo até Michel Reybier a comprou e transformou no que o La Réserve é hoje: um paraíso francês com muita natureza.

O hotel tem 9 quartos e 19 suítes, de 25 a 190 m², assinadas pelo arquiteto Jean-Michel Wilmotte, e 14 villas, de 3 a 7 quartos com até 544 m², decoradas pelo designer de interiores Rémi Tessier, todas com piscina privativa e, claro, com vista para o mar.

Visual do La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Visual do La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Os quartos e suítes dividem espaço em um prédio baixo charmoso ao lado da recepção e do SPA, enquanto as villas foram devidamente espalhadas em outras áreas do terreno para que todas mantenham sua privacidade.

O atendimento discreto e impecável é “herança” de Michel Reybier, que cria em suas propriedades o mesmo tipo de hospitalidade que gostaria de ter.

Fuga acolhedora perfeita praticamente dentro do agito da região. Não é por acaso que o icônico estilista Karl Lagerfeld alugou uma vila por mais de 10 anos, durante todo o ano e frequentava o local sempre que sua agenda permitia. Ele chamava o La Réserve Ramatuelle de sua “residência de verão” e o que mais o deixava apaixonado era a vista panorâmica para o mar.

O La Réserve Ramatuelle é elegante e descolado ao mesmo tempo. A recepção dos hóspedes é feita em um prédio moderno com um janelão com vista para o mar que deixa literalmente estampado que você “chegou na praia” e terá uma experiência única e completa de bem-estar, sossego e, por que não, um pouco de curtição.

Nossa villa no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Nossa villa no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

|Onde fica

Ramatuelle tem pouco mais de 3 mil habitantes e é a vizinha pacata da badalada St. Tropez, a aproximadamente 10 km de distância. Segue discreta, sem ostentação, tem um centrinho pequeno e acolhedor, cheio de lojas de artesanato, uma igreja principal, restaurantes com mesas em varandas floridas e casas com arquitetura típica das aldeias do Mediterrâneo.

O centro da vila medieval mantém sua originalidade em forma de caracol, com ruelas se expandido pelas suas laterais. Turistas e locais dividem as ruas estreitas com trajes despretensiosos. Estão longe de disputar uma mesa no restaurante mais famoso e tampouco sentem a necessidade de desfilar com peças grifadas ou salto alto.

Centrinho de Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Centrinho de Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Vale lembrar que não existe vida noturna por lá – e quem quer badalação pode dar um “pulinho” em St. Tropez! Ramatuelle dorme cedo, por isso há um bom motivo para se hospedar ao lado, cerca de 5 minutos do centro e em um lugar privilegiado.

Enquanto St. Tropez ostenta Chanel, Dior e outras marcas, Ramatuelle preserva o status low profile no alto da colina Paillais, entre os Caps Camarat e Taillat, cerca de 130 metros acima do nível do mar.

O La Réserve Ramatuelle está ali do lado, a 5 minutos de carro do centro histórico.

Centrinho de Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Centrinho de Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

|Nossa villa no La Réserve Ramatuelle

Assim que pisamos os pés na nossa villa sentimos como se estivéssemos chegando na nossa “casa de praia”. O céu azul lá fora nos convidava para um mergulho, mas a beleza estampada nas janelas dos quartos transforma a cama em ímã e o cantinho perfeito para relaxar.

Nossa casa tem 7 quartos, todos, claro, com vista para o Mediterrâneo, decoração clean, detalhes em madeira, chuveiro sem porta e muito conforto. Parece que por lá tudo foi estrategicamente pensado para que nada nos tomasse mais atenção do que “embala” todo o hotel, a beleza natural lá fora.

A sala ampla e com janela para todos os lados têm móveis contemporâneos e modernos, guarda livros e jogos de tabuleiro, TV e é caminho tanto para a cozinha, onde provamos nosso primeiro e delicioso café da manhã por lá, e para a piscina, eleito o cantinho favorito da villa.

Nossa villa no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Nossa villa no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

A casa tem pisos de terracota, paredes brancas, muitas janelas responsáveis por deixar a casa bastante iluminada, cortinas leves e itens de linho e materiais naturais que fazem qualquer um desejar ter aquela “casa de praia” para sempre.

Espreguiçadeiras, sombra e água fresca literalmente. É quase impossível se acostumar com a combinação de dentro e de fora da villa, que se camuflam na cena perfeita do paraíso.

Apesar do café da manhã também ser servido no restaurante, quem se hospeda na villa também pode ter a postos um mordomo que cuida de tudo. Qual horário você quer café da manhã? Na sala ou na piscina? Basta escolher e tudo vai estar pronto do jeitinho que você quiser (para dizer a verdade, muito melhor do que você poderia imaginar).

Café da manhã na nossa villa, no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

E por falar nisso, o La Réserve Ramatuelle também tem o serviço de “chef na villa”. Ou seja, você pode contratar um chef para preparar o jantar ou o almoço na sua “própria cozinha”. Achei a opção maravilhosa, principalmente para quem está com a família ou um grupo grande de amigos.

O banho por lá é um evento a parte. Pode soar estranho, mas os quartos têm aquelas duchas deliciosas que te fazem querer ficar horas no chuveiro. Se quiser relaxar ainda mais, alguns quartos têm banheiras que permitem momentos tranquilos também com vista para o mar.

Mas não tem como falar do assunto sem citar os cheirosos amenities, com destaque para o sabonete com perfume exclusivo. O La Réserve tem uma fragrância para cada hotel!

Dormir por lá também é algo tentador. Meu quarto, por exemplo, tinha uma vista de babar, que se entende no pequeno jardim praticamente particular. A cama.. Bom, essa me fazia me sentir nas nuvens. Por isso que é tão difícil conseguir sair dela (eu e minha paixão por camas e chuveiros de hotel).

Meu quarto na nossa villa (Foto: Trip To Follow)

Meu quarto na nossa villa (Foto: Trip To Follow)

|SPA do La Réserve Ramatuelle

O SPA possui produtos e tratamentos da reconhecida clínica suíça Nescens Clinique de Genolier, expert em anti-age. A carta de tratamentos é vasta e inclui programas mais simples, com rituais de relaxamento e de beleza, que podem perfeitamente ser adaptados ao seu roteiro. Há opções a partir de € 80.

A segunda opção inclui uma programação completa e personalizada de 3 a 7 noites focada em bem-estar, com hospedagem, refeições, atividades ao ar livre, tratamentos no SPA, etc. Os pacotes variam entre € 4700 a € 8400.

Piscina aquecida do SPA do La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Piscina aquecida do SPA do La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

O La Réserve também tem aulas de ioga, pilates, personal trainer e atividades aquáticas com valores entre € 140 e € 2000.

O fitness center é muito bem equipado e tem um ambiente bastante agradável, dividindo espaço com uma piscina aquecida que, nem preciso falar, também tem vista para o mar. Para quem quiser, o hotel tem coachs disponíveis para orientação individual durante as atividades na academia.

Minha experiência no SPA foi incrível. Fiz uma massagem de relaxamento de aproximadamente 1 hora e foi o suficiente para eu tirar uma soneca de tão relaxante. A vista da salinha da massagem obviamente segue o mesmo padrão das outras áreas do hotel e tem o mar como pano de fundo. A ambientação do SPA também ajuda a relaxar. Tons claros, pedra natural, flores. velas e um cheirinho único.

|Restaurantes do La Réserve Ramatuelle

Não é preciso sair de Ramatuelle nem do La Réserve para desfrutar o La Voile, restaurante que possui uma estrela Michellin, comandado pelo também estrelado chef Eric Canino.

Ele reinterpretou a culinária mediterrânea de maneira light e balanceada, utilizando a maioria das frutas e verduras colhidas diretamente no jardim do hotel, e outros produtos de pequenos produtores locais.

Restaurante La Voile (Foto: Trip To Follow)

Restaurante La Voile (Foto: Trip To Follow)

Optar pelo menu degustação (€ 155) pode ser a escolha certeira para quem quer experimentar iguarias com ingredientes e sabores da região.

Há um drinque famoso na casa, o Provençal Spritz, que leva na receita alguns dos principais aperitivos franceses como o Picon e o Suze.

Receita:
1 dose de Aperol
1 dose de Picon
1 dose de Suze
1 dose de Champagne Michel Reybier
1 dose de Soda
Suco de romã
1 ramo de lavanda
1 ramo de tomilho
1 rodela de laranja

Provençal Spritz (Foto: Trip To Follow)

Provençal Spritz (Foto: Trip To Follow)

O restaurante fica aberto das 7h30 às 10h30 para o café da manhã, das 12h30 às 19h30 para almoço, e das 19h30 às 22h30 para o jantar (o menu degustação só é servido à noite). O bar do restaurante fica aberto das 7h30 à 1h da manhã.

Na cobertura do prédio principal do hotel tem um bar (mais um lugar com vista incrível), que também oferece tapas e, no verão, comida japonesa.

O cardápio é bastante variado. Durante nossa visita optamos por pedir um pouquinho de cada e compartilhar na mesa. A experiência foi ótima. A temperatura caiu um pouco, mas mesmo assim pudemos brindar um belo pôr do sol.

Quem curte a piscina também pode pedir drinques e pratos rápidos no restaurante de lá.

Jantar japonês no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

Jantar japonês no La Réserve Ramatuelle (Foto: Trip To Follow)

|Quanto custa

As diárias custam a partir de € 850 e podem chegar a € 4500 (villas), dependendo do tipo de acomodação e da temporada. Algumas acomodações pedem o número mínimo de 7 diárias.

|Você não pode perder

De dentro do próprio hotel é possível fazer uma pequena caminhada até as pedras onde o mar quebra e recebe um dos pores do sol mais incríveis da região, ou então curtir a praia local, L’Escalet, opção para quem quer arriscar algum esporte aquático como o stand up paddle, caiaque ou snorkeling.

Praia L'Escalet (Foto: Trip To Follow)

Praia L’Escalet (Foto: Trip To Follow)

Não muito distante está a Plage de Briande. Ainda maior que a anterior, se mantém relativamente vazia inclusive na alta temporada. Essa cai mais no gosto dos brasileiros: uma longa faixa de areia clara e água cristalina.

O hotel também oferece algumas caminhadas, como a Nordic Walk (leva esse nome porque eles costumam fazer essa caminhada usando os bastões de caminhada), que fizemos em uma das manhãs. O guia nos levou primeiro até as pedras que beiram o hotel e deu continuidade até a praia citada acima (L’Escalet) que fica a 10 minutos de caminhada, tem o mar azulzinho, alguns barquinhos atracados e uma pequena faixa de areia.

Continuamos a caminhada até o topo da montanha que fica aproximadamente 30 minutos da praia. O visual, claro, é de tirar o fôlego. De lá dá para ter uma ideia melhor da área do hotel e também de onde fica St. Tropez e os famosos beach clubs.

Visual depois da nordic walk (Foto: Trip To Follow)

Visual depois da nordic walk (Foto: Trip To Follow)

Se o desejo for o agito, o destino é a Pampelonne Beach, a mais famosa e agitada de Ramatuelle. Ela ajudou a construir a fama de St. Tropez, já que reúne os beach clubs mais famosos e tradicionais e que, ao contrário do que muitos pensam, não ficam efetivamente na cidade famosa por sua badalação.

|La Plage

O La Réserve à La Plage, assinado pelo arquiteto francês Philippe Starck, é o mais recente da região e opção para quem quer almoçar e aproveitar o sol e o mar. A decoração é linda, riquíssima em detalhes (vale dar uma voltinha por todo o espaço para observar), cheia de peças vintage combinadas com peças mais praianas, de palha, além de corais e pranchas.

O beach club fica aberto de abril a outubro e oferece um menu para compartilhar, além de espreguiçadeiras, bar e serviço de massagem “pé na areia”. Coquetéis partem de € 18. Os pratos, incluindo entradas, variam entre € 26 (ceviche de salmão) e € 135 (carne maturada). Quem quiser ficar nas espreguiçadeiras na areia deve pagar €50 por pessoa e também pode pedir qualquer coisa do cardápio do restaurante.

Espreguiçadeiras no La Réserve à La Plage (Foto: Trip To Follow)

Espreguiçadeiras no La Réserve à La Plage (Foto: Trip To Follow)

Mas se você quer meu conselho, não deixe de pedir o Mac and cheese com trufas, a burrata (que é gigante) e a batatinha frita deles…. Maravilhosos!

Pegamos um dia lindo por lá e deu tempo de curtir um pouco da praia, mesmo com o mar gelado. Não hóspedes também podem ir ao La Réserve a La Plage. É recomendável que você faça reserva.

La Réserve à La Plage (Foto: Trip To Follow)

La Réserve à La Plage (Foto: Trip To Follow)

|St. Tropez

Antes de pegar o trem de volta para Paris, passamos uma manhã em St. Tropez. Foi minha primeira vez na cidade e eu não imaginava o quão cheia ela fica nessa época.

De fato, todas as lojas de luxo estão por lá, mas elas também dividem espaço com algumas lojinhas mais discretas e aquelas famosas de souvenir. Eu descobri uma loja fantástica, La Naturelle, que vende peças de linho por um preço ótimo (a partir de € 15).

St. Tropez (Foto: Trip To Follow)

St. Tropez (Foto: Trip To Follow)

Se a ideia for fazer uma pausa para uns drinques e petiscos por lá, a dica é ir no Le Sénéquier. A cerveja custa entre € 9,5 e € 19, os coquetéis partem de € 15 e os sanduíches custam € 18.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A tour around the city “built” by Brigitte Bardot! . Foi em 1956 que St. Tropez deixou de ser uma pacata vila de pescadores e se tornou destino queridinho de turistas, principalmente de famosos em endinheirados. A “culpada” foi Brigitte Bardot! A bombshell transformou St. Tropez depois do filme “E Deus Criou a Mulher”. Atualmente a pequena e charmosa cidade é point do verão europeu e um dos principais pontos da Riviera Francesa. . Quando nos hospedamos no @lareserve_ramatuelle, conhecemos um pouquinho do centro da cidade, caminhamos pelas ruas recheadas de loja grifadas e, claro, por que não, comemos alguns macarons! . Sempre ficamos conectamos com o chip da @simpremium durante todas nossas viagens! #tlportfolio #sainttropez

Uma publicação compartilhada por Trip To Follow (@triptofollow) em

Veja mais fotos da viagem na galeria abaixo:

Assista aos stories do Trip To Follow em Ramatuelle (destaques Ramatuelle)!

O Trip To Follow conheceu o Sublime Comporta à convite da TL Portfolio.

Tags:  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>