Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia

O Hotel Rangá é para quem busca algo totalmente exclusivo. Ele é o único resort de quatro estrelas do sul da Islândia e mais um pedaço do paraíso.

Sair da capital da Islândia, Reykjavik, é imergir em um “universo paralelo”. Isso porque a natureza, a estrada e o clima são extremamente diferentes do que estamos acostumados no Brasil.

Depois de passarmos 3 dias em Reykjavik, partimos para Hella, que fica a aproximadamente 88 km da capital, cerca de 1h20 de carro. A pequena cidade nos serviu de apoio para parte do roteiro que nos levaria a paraísos naturais como a cachoeiras Urriðafoss, Skógafoss e Seljalandsfossm e a lagoa de gelo Jökulsárlón. Veja aqui 8 motivos para alugar um carro na Islândia.

Em busca de algo totalmente exclusivo, escolhemos o Hotel Rangá, único resort de quatro estrelas do sul da Islândia, para ficar duas noites. E já posso adiantar que foi uma experiência para lá de exótica.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Depois de um dia cheio, partimos para nossa primeira noite por lá. Fomos recebidos pelo dono do hotel, Fridrik Pálsson, que tem um imenso prazer em acolher os hóspedes e se preocupa full time com a experiência deles por lá.

Não é por acaso que – antes de conhecer a nossa suíte – fomos repor as energias jantando no restaurante do hotel e, claro, dividindo a mesa com Pálsson.

A história dele é ótima. Pálsson trabalhou por anos no setor pesqueiro e, cansado da rotina, abriu mão para seguir seu próprio caminho e investir em um negócio novo e próprio.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Por ter passado mais 30 anos viajando o mundo e dedicando seu tempo ao antigo negócio, Pálsson conheceu centenas de hotéis e desenvolveu um olhar clínico sobre o principal setor que um hotel deve ter: o serviço.

Segundo ele, “se sentir bem-vindo” é uma das chaves do negócio e esse é um dos principais pontos que o motiva a passar a maior parte das horas do dia por lá, trabalhando lado a lado dos funcionários.

Outra estratégia de Pálsson durante anos foi estudar o mercado, conhecer a concorrência, mas nunca “excluí-la”, como ele mesmo diz.

| Nossa estadia no Hotel Rangá

Chegamos no Hotel Rangá debaixo de uma nevasca pesada. Entrando no lobby quentinho e acolhedor, logo nos deparamos com uma série de macacões extremamente quentes, oferecidos aos hóspedes nas noites em que a Aurora Boreal dar o ar da graça.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Vale destacar que o Hotel Rangá fica em um local afastado e preservado da poluição luminosa, o que facilita e muito a visualização do fenômeno natural. Contemplar o céu noturno de lá é uma das “atrações”. Se não tiver Aurora, provavelmente você verá algumas estrelas cadentes.

O lobby do Hotel Rangá já adianta um pouquinho do que os hóspedes vão encontrar nas suítes. Há um urso de 3 metros carinhosamente chamado por todos de Hrammur.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

No caminho para os corredores de madeira que levam aos quartos, um salão de jogos com vista e clima agradável.

Na primeira noite, tivemos o prazer de nos hospedar na Suíte África. Quente e agradável – tanto na paleta de cores quanto na temperatura -, foi impossível não se deslumbrar e ficar por quase meia hora admirando os detalhes.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Tati Sisti)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Tati Sisti)

Impressionante como no momento em que passamos pela porta de entrada da suíte, imediatamente fomos abraçados pelo clima de um outro continente. Lá fora chovia e ventava muito, mas no nosso cantinho em um lugar afastado do sul da Islândia, tudo estava em perfeitas condições.

Uma simulação de tronco e raiz de árvore tomaram conta da cabeceira da cama. O teto deu lugar à cobertura de palha de uma cabana. Girafas, elefantes, bongos, máscaras e quadros típicos completavam a decoração. Chega quase a ser inacreditável.

Já na segunda noite ficamos na suíte Islândia. Quando fomos informados, pensamos que seria uma suíte branca, com cores frias e que representasse bem a cidade. Mas a experiência foi diferente e surpreendente. Ela leva esse nome apenas porque uma das peças favoritas do dono do hotel, que é da Islândia, está la: uma banheira de pedras no centro do quarto. A primeira coisa que fizemos foi relaxar nas “pedras” depois de um dia frio e longo de caminhada.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Tati Sisti)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Tati Sisti)

Mas vamos por partes. O quarto tem um closet separado de todos os outros ambientes, uma cama king super confortável, a banheira, uma sala de estar e uma sala de jantar. Nessas duas últimas, mais uma surpresa. As duas salas rodam em você pode escolher qual delas fica voltada para o janelão e qual delas fica voltada para o restante do quarto. Tudo isso em questão de segundos. Claro que nós pedimos um room service para curtir esse cantinho, né?

O banheiro foi outra surpresa. Branquinho – como já imaginávamos – com uma imagem de um cavalo típico da Islândia, também conhecido como Equus Ferus Caballus, e chuveiro com cromoterapia. Só estando lá para entender essa experiência completa.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Como vocês devem ter percebido, a suíte é grande. Sim! E acomoda até 4 pessoas. No balcão ao lado das salas ficam escondidas duas camas de solteiro. Basta abri-las e pronto, cama feita para mais duas pessoas!

Acredite, vale cada centavo se hospedar em uma das suítes temáticas do Hotel Rangá.

| Suítes

O Hotel Rangá tem 51 quartos divididos em 4 categorias: Standard, Deluxe, Suíte Júnior e Suíte.

São 24 quartos de 18m² na categoria Standard. Eles são mais baratos e consequentemente mais simples e não espelham exatamente o que é a experiência do hotel.

De qualquer forma, aqueles que se hospedarem nesta categoria também terão uma ótima experiência, já que podem desfrutar de tudo que o hotel oferece, além de ter em mãos tudo o que for necessário dentro do próprio quarto. Eles são divididos em 6 quartos com cama queen size e 18 quartos com duas camas de solteiro.

SERVIÇO
Hotel Rangá
Check-in: 14h
Check-out: 12h
Endereço: 
851 – South Iceland
Telefone: (354) 487 5700
E-mail: hotelranga@hotelranga.is
Site: www.hotelranga.is
Facebook: Hotel Rangá
Instagram: @hotelranga

A categoria Deluxe não é temática, mas tem 20 quartos de 26m² rústicos, mas muito bem decorados. São 16 quartos com cama king size e 4 quartos com duas camas

As Suítes Júnior e Master Suítes foram pensadas para retratar partes especiais do mundo. Cada detalhe foi cuidadosamente elaborado para trazer uma experiência fantástica aos hóspedes (Júnior Suítes: Ásia, Austrália, América do Norte, América do Sul. Master Suítes: África, Antártica, Royal Suíte e a recém-inaugurada Islândia)

Toos os quartos são equipados com televisão, telefone, amenities, secador de cabelo, roupão, chinelo, cafeterira e chás inclusos, minibar (cobrado a parte), serviço de quarto 24 horas e, claro alerta Aurora Boreal! O hotel também oferece serviso de lavanderia cobrado a parte.

Se você quiser surpreender alguém, pode antecipar um pedido especial e decorar o quarto com velas, flores, frutas com chocolate, champagne, etc. Os preços são um pouco salgados (de R$ 20 a R$ 900), mas dependendo da ocasião, vale o investimento.

Vale destacar que o hotel oferece 3 quartos desenvolvidos especialmente para aqueles clientes com necessidades especiais.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

| O Hotel

O Rangá é um hotel de luxo que faz parte do Small Luxury Hotels of the World. Ele é perfeito tanto para famílias quanto para casais em lua de mel. O ambiente é aconchegante e acolhedor, os quartos seguem o log-style lodge e têm opções de suítes mais românticas ou quartos que abrigam grupos maiores.

Não é por acaso que Pálsson faz questão de conhecer minimamente cada hóspede para poder chamá-los pelo nome e ter certeza de que tudo esta fluindo perfeitamente bem. A simpatia e atendimento se estende para os outros funcionários do hotel, seja da recepção, da limpeza e do restaurante.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

O Hotel Rangá tem 3 banheiras de hidromassagem ao ar livre espalhadas pelo terreno, que oferecem com vista de babar. Elas podem ser usada por todos os hóspedes e são aquecidas.

Por lá, você não precisa se preocupar em perder o show da Aurora Boreal. Basta atualizar diariamente um menu de quartos que fica no balcão da recepção e “ticar” o número do seu quarto caso você queira ser acordado a qualquer momento.

Caso não seja época de Aurora Boreal, ou mesmo que seja você queira apreciar o céu, o Hotel Rangá inaugurou em 2014 um observatório equipado com energia solar, com telhado retrátil, telescópios e computadores de alta qualdidade. O astrônomo Saevar Helgi Bragason conduz regularmente passeios gratuítos para hóspedes do hotel. Isso tudo faz com que o observatório do Hotel Rangá seja um dos mais avançados da Islândia.

| Restaurante

O restaurante é um destaque a parte. Além de lindo, com janelas do chão ao teto e que valorizam o visual, ele oferece um menu incrível.

Vamos começar falando do café da manhã, incluso na diária. Ele é servido em forma de buffet + a la carte. Na estação “self-service” colocada no centro do restaurante, você pode desfrutar de pães, frutas, iogurte, waffles, cereais, sucos, cafés, queijos e muito salmão.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Já no menu, você pode escolher um dos itens, entre eles omelelte, ovo pochet com salmão – definitivamente o melhor -, etc. O café da manhã é servido das 7h às 10h.

Nós jantamos por lá, mas o hotel também oferece almoço. E vale a pena experimentar! Não é a toa que o restaurante do hotel é um dos mais aclamados do sul da Islândia.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

O meu é sazonal, inspirado na cozinha nórdica moderna e com opções que vão de sopa de cogumelos a cordeiro e rena, tudo regado a um lícor exclusivo da Islândia ou até mesmo a um vinho produzido pelo próprio Hotel Rangá e carinhosamente muito bem divulgado por Pálsson (vale MUITO a pena experimentar).

O restaurante valoriza 100% o mercado de agricultores locais. Por isso, a grande maioria dos ingredientes é produzido nas redondezas, são extremamente frescos e de alta qualidade.

O restaurante é acolhido por um bar moderno, colorido e com opções incontáveis de drinques para todos os gostos.

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

Hotel Rangá: luxo e exotismo no sul da Islândia(Foto: Gabriel Bester)

| Preço

Os preços variam de acordo com o tipo de suíte e temporada. Na alta temporada (inverno), os preços tendem a subir.

O quarto Standard sai a partir de R$ 1269 a diária para o casal, com café da manhã incluso.

O quarto Deluxe sai a partir de R$ 1665 a diária para o casal, com café da manhã incluso.

A Suíte Júnior sai a partir de R$ 2337 a diária para o casal, com café da manhã incluso.A Master Suíte sai a partir de R$ 3518 a diária para o casal, com café da manhã incluso.

| Localização

O Hotel Rangá fica entre as cidades de Hella e Hvolsvöllur, a cerca de uma hora de Reykjavík. Ele beira o rio East Ranga, tem vista para o lendário vulcão Hekla e, para chegar lá, é indispensável o aluguel de um carro.

Tags:  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>