Conheça o Dakota Wreck, avião caído na Islândia

O Dakota Wreck é um dos pontos imperdíveis da Islândia. Para chegar lá, é necessário fazer uma caminhada de 8km ida e volta.

A Islândia é realmente o paraíso para amantes da natureza. Mas se você quiser conhecer algo um pouco mais diferente, também pode fazer uma caminhada até esse avião, Dakota Wreck, que caiu literalmente no “meio do nada”.

O Dakota Wreck é, de longe, um dos cenários mais exóticos da ilha. Ele está no meio da praia de areia preta, também conhecida como Sólheimasandur, no sul da Islândia, cerca de 185 quilômetros da capital Reikjavik. Nós passamos por lá durante nossa roadtrip pelo sul da Islândia. Veja aqui 8 motivos para alugar um carro na Islândia.

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Gabriel Bester)

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Gabriel Bester)

Para chegar lá, só com uma bela caminhada: são aproximadamente 4 km para ir e 4 km para voltar. É estritamente proibido entrar na praia de carro, então prepare as perninhas!

Chegamos desavisados e não fazíamos ideia da distância para chegar ao ponto final. Então, deixamos nosso carro (tem onde estacionar) na beira da estrada e começamos nossa caminhada sobre a areia completamente coberta pela neve. Demoramos cerca de 45 minutos para ir e mais 45 minutos para voltar. Na volta, pegamos uma nevasca pesada! Lembre-se de estar com roupas e sapatos apropriados.

Não há nenhum tipo de sinalização que indica que lá é a entrada do caminho que nos leva ao avião, mas o GPS encontra o ponto exato se você busca por Dakota Wreck ou se você colocar as coordenadas exatas (63°27’34.3″N 19°21’52.6″W).

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Tati Sisti)

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Tati Sisti)

Ao longo do caminho você não vai ver nada além de uma imensidão coberta de neve (claro, isso se você for no inverno como nós) e uma pequena sinalização no chão que cria a trilha até o avião. Não é possível ver os destroços da estrada, pelo contrário. Você só vai avistá-lo quando a caminhada estiver terminando.

Nós fomos no fim da tarde e tivemos o privilégio de ‘termos’ o avião só para nós. Chegar até ele depois da longa caminha é uma experiência surreal. Este é um dos spots perfeitos do país para fotografia (e voos com drones, concordam?).

Tivemos bastante tempo para tirar fotos e apreciar o visual antes de tudo ficar completamente escuro. É possível entrar na cabine e, quem quiser se arriscar, caminhar pelo teto do avião.

Os sortudos que pegam o céu aberto podem ter o prazer de observar a aurora boreal em um dos lugares mais incríveis da Islândia (não foi nosso caso, mas já é um bom motivo para voltar).

Apesar das ‘dificuldades’ para chegar lá, é totalmente viável fazer o passeio sozinho, sem a necessidade de contratar uma empresa que ofereça esse serviço. Cegar lá sozinho é totalmente grátis!

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Gabriel Bester)

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Gabriel Bester)

|História do Dakota Wreck

O Dakota Wreck é um avião C-47 SkyTrain da marinha dos Estados Unidos que teve que fazer um pouso forçado no local totalmente inóspito da Islândia em novembro de 1973. Sete pessoas estavam a bordo e todas sobreviveram. A questão é: como elas saíram de lá naquela época?

A causa do pouso de emergência não foi confirmada, mas há fortes indícios que tenha sido falta de combustível.

Para tirar o avião de lá o custo seria altíssimo, então os destroços foram abandonados no local e, consequentemente, viraram um ponto turístico imperdível no sul do país. Veja aqui a foto do avião antes dele cair.

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Gabriel Bester)

Dakota Wreck, nas Islândia (Foto: Gabriel Bester)

|Como chegar no Dakota Wreck

Os destroços do avião estão localizados na costa sul da Islândia, entre a cachoeira Skógafoss e a cidade de Vik. Depois de passar por Skógafoss na Rota 1, em direção ao leste, você atravessará uma ponte e uma estrada de terra, a esquerda, que dá acesso a Sólheimajökull Glacier.

Quando você chegar na placa que indica o Sólheimajökull Glacier, dirija na direção leste por mais 2 km. Você vai encontrar uma abertura num discreto portão que divide a estrada da praia. É ali que você deve entrar (sem o carro).

Pode ser que você veja carros parados por ali, mas a melhor parte desse passeio é não encontrar mais ninguém por lá!

|Dicas extras

  • Se você for no fim da tarde/ noite, não esqueça a lanterna. É quase impossível encontrar o caminho de volta sem uma iluminação;
  • Vá com roupas apropriadas: sapato de caminhada, blusa corta-vento e gorro
  • Opte por chegar cedinho ou no fim da tarde, assim você terá mais exclusividade
  • Não esqueça de levar água e alguns snacks. Não há estrutura nenhuma para turistas no local (Graças a Deus).
  • Fique atento a previsão do tempo. Pode ser um pouco perigoso fazer a caminhada com muita neve (mesmo assim, isso não torna o passeio inviável).

Get ready, it’s new #triptofollow #iceland #travel #nature #dji 🎬 @triptofollow 🎧 @dreguazzelli

Uma publicação compartilhada por Trip To Follow (@triptofollow) em

Tags:  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>