Casa acima das nuvens em São Francisco Xavier

Conheça a Villa do Snyh, uma das casas mais charmosas, fotogênicas e isoladas na mata nativa da pequena cidade de São Francisco Xavier

O sol bate na janela, o relógio gira lentamente, a lenha queima na lareira e as nuvens dançam aos nossos pés. Assim são os dias na São Francisco Xavier Villa do Snyh, uma das casas mais charmosas da pequena cidade de São Francisco Xavier (conheça o Instagram da casa @saofranciscoxavier_villadosnyh)

Se hospedar por lá é o mesmo que fazer uma imersão na natureza, com o “conforto de casa”, já que o ambiente oferece absolutamente tudo que o hóspede pode precisar.

A Villa do Snyh é uma casa dos sonhos, daquelas que parecem ter saído de um filme, sabe? Seu dono, Lars, é um sueco que se mudou para o Brasil em 1987 e é apaixonado pelo país. A casa está disponível para aluguel desde 2012, mas Lars ainda dedica períodos para passar alguns momentos por lá. Eu faria o mesmo, claro. É um privilégio enorme poder se desconectar um pouco da realidade e do dia a dia em um pedacinho das nuvens, como o próprio Lars descreve a propriedade.

JÁ SEGUE O TRIP TO FOLLOW NO INSTAGRAM? @TRIPTOFOLLOW

A casa tem uma decoração bastante exótica com elementos do gosto de Lars e, apesar de seguirem vários estilos, ficam em perfeita harmonia dentro de cada cômodo. Que tal um dragão no teto da sala (produção 100% brasileira), cadeiras que remetem às da praia em frente à lareira e um ventríloquo ao lado da janela? Bastante curioso e interessante!

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

E a experiência transborda as paredes da casa, já que o sítio é uma reserva natural-ecológica de 150 hectares no meio da Serra da Mantiqueira, a 7,8 kms do centro de São Fransisco Xavier. “Para mim, o lugar é nada menos que um santuário, um refúgio para mim e para a nossa família”, disse Lars. “Nós temos 4 casas dentro da propriedade e alugamos essa que você vê no Airbnb”, explicou. Vale lembrar que a casa tem total privacidade. Segundo ele, “não seria justo de não compartilhar esta maravilha com outras pessoas” quando eles não têm a possibilidade de desfrutá-la. Os turistas agradecem!

Leia também:

Antes de nos hospedarmos lá, Lars já tinha avisado: “as vistas são ‘breathtaking’, os vizinhos mais próximos são os veados, os porcos do mato, os gaviões, os tucanos, e todos os outros animais que fazem parte da fauna do lugar”. E eu devo concordar. O vizinho mais próximo, vale lembrar, é o caseiro que vive em uma casa ao lado da porteira principal e, cá entre nós, é extremamente longe da casa onde ficamos. A casa é bem “encrustada” na montanha, rodeada por uma mata fechada, o que nos dá uma sensação (e realidade) de isolamento ainda maior.

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Para mim, escapadas de fim de semana sempre foram essenciais principalmente em épocas em que viagens mais longas não estão no planejamento. Sempre fui muito acostumada com praia, desde pequena, mas há alguns anos evolui – se é que posso dizer assim – o prazer de estar no meio do mato, com aquele “silêncio barulhento” que vem do meio das árvores. E quando pensei em fazer uma escapada mais longa (foram 6 noites), o alvo foi certeiro e a Villa do Snyh surpreendeu positivamente.

|Onde fica São Francisco Xavier

A Villa do Snyh fica em Santa Barbara do Alto – Pedra Vermelha, considerado um dos melhores bairros da cidade, afastado do centro de São Xico, como é carinhosamente chamado o pequeno distrito de São José dos Campos. Na imagem abaixo dá para ter uma noção: a casa foi construída no meio de muita mata preservada.

A cidade ainda mantém a antiga alma de roça, com prosa no coreto e cavalos dividindo as estreitas ruas com um ou outro carro. No geral, quem visita São Francisco Xavier procura essa imersão na natureza, que é o principal atrativo do local. Há quem diga que a cidade á mais romântica que Campos do Jordão, já que não tem a badalação da cidade que fica a cerca de 77km de distância, mas é extremamente procurada por casais apaixonadas. Que tal repensar o destino? Fica a dica!

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Quem sai de São Paulo pode seguir pela Rodovia Presidente Dutra (BR-116) ou pelo sistema Sistema Ayrton Senna-Carvalho Pinto/SP-070 até São José dos Campos. Dalí o caminho segue por Monteiro Lobato e, então, mais cerca de 20 km até a montanha onde está São Francisco Xavier (há pedágio na estrada).

O endereço pontual da casa é enviado ao hóspede assim que ele fecha a hospedagem pelo Airbnb ou diretamente com o dono.

Para chegar na casa é preciso percorrer aproximadamente 8km em estrada de terra, mas não é necessário estar em um caro 4×4 (para você ter uma ideia, fomos em um HB20).

|A casa em São Francisco Xavier

A Villa do Snyh comporta 14 pessoas muito bem acomodadas distribuídas em 5 quartos, sendo uma suíte principal (2 pessoas), além de mais dois quartos no andar de cima (2 pessoas em cada quarto), uma suíte no primeiro andar (4 pessoas) e uma suíte na edícula (4 pessoas).

Suíte principal da casa (Foto: Trip To Follow)

Suíte principal da casa (Foto: Trip To Follow)

Quarto do segundo andar (Foto: Trip To Follow)

Quarto do segundo andar (Foto: Trip To Follow)

Quarto do segundo andar (Foto: Trip To Follow)

Quarto do segundo andar (Foto: Trip To Follow)

Suíte do primeiro andar (Foto: Trip To Follow)

Suíte do primeiro andar (Foto: Trip To Follow)

Suíte da edícula (Foto: Trip To Follow)"

Suíte da edícula (Foto: Trip To Follow)”

Há uma sala de TV bastante confortável que fica no centro de uma outra sala que integra a grande mesa de jantar, o espaço da segunda lareira – a mais fotogênica e minha favorita – e a cozinha, que reúne forno à lenha, forno convencional, forno de pizza e todos os equipamentos necessários para que você consiga cozinhar a vontade. Há uma lavanderia e uma dispensa. Tudo, claro, com vista!

A parte interna da casa é bastante aconchegante e mesmo com todas essa conexão entre ambientes, tem cantinhos ótimos para um fondue a dois, por exemplo. Mas se sua ideia é ir em família ou em um grupo de amigos, essa arquitetura também favorece e muito a convivência entre todos.

Sala de TV com lareira (Foto: Trip To Follow)

Sala de TV com lareira (Foto: Trip To Follow)

O lado externo da casa se tornou nosso queridinho por motivos óbvios: a paisagem, que transforma todas as janelas de dentro da casa em quadros, o deck e a piscina redonda, linda (porém um pouco gelada), onde passamos quase todas as manhãs e tardes, antes da temperatura cair.

É nessa área externa também onde fica a área da churrasqueira, da sauna finlandesa e a última suíte.

Como havia falado anteriormente, a casa se estende para além do concreto. Dentro de um raio de 500 metros é possível encontrar 6 cachoeiras, dentro do próprio sítio, sendo uma delas – a minha favorita – a 3 minutos de caminhada da porta de entrada. Outra das cachoeiras grandes está a uma leve porém mais íngreme caminhada, também vale a pena.

Uma boa opção para conhecer mais cantinhos especiais do sítio é agendar uma caminhada com o caseiro, Fábio, que conhece perfeitamente o espaço. Caso prefira caminhar sozinho, ele pode das s direções para que você encontre as quedas d’água.

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

|Nossa Experiência

Assim que chegamos na Villa do Snyh fomos recebidos pelo caseiro, que nos apresentou algumas funcionalidades básicas da casa, como acender a lareira, o fogão a lenha, a sauna finlandesa (sim, a casa tem sauna finlandesa), etc.

Como já era noite, colocamos algumas pizzas no forno (também à lenha) e curtimos uma das 3 lareiras da casa enquanto escutávamos música via bluetooth. Sim, a casa tem 3 lareiras, sendo duas na sala e uma na suíte principal.

Vale lembrar que a Villa do Snyh dos pet fridly, então decidimos levar a Marieta (nossa cachorrinha, um bulldog franês) para curtir esses dias com a gente. Já antecipo que esta foi provavelmente as melhores férias que ela já teve!

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Nossos dias por lá começavam cedo. Na suíte principal o sol entra sorrateiramente pelas janelas assim que nasce, o que serve como um perfeito convite para o café da manhã externo enquanto a leve neblina cobre parte das montanhas à frente. No último dia pegamos uma manhã com clima bem fechado e foi ai que literalmente nos sentimos pisando em nuvens. Uma experiência bem gostosa também.

No geral, dedicávamos as manhãs no deck e na piscina, fazendo suco (ou gin tônica) com limão tirado do pé. As refeições também eram todas especiais. Primeiro porque cozinhar com aquela vista é impagável, segundo porque decidimos que nossos dias por lá seriam para se desconectar e comer bem. Não poupamos calorias. Aos curiosos, nosso cardápio teve fondue, caldo verde, croque madame, massa recheada, hambúrguer, pizza, carnes elaboradas e doces… muitos doces!

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

A Marieta virou uma grande exploradora e se demonstrou uma cachorra raiz. Deu suas escapadas no meio da mata e voltou encardida de terra algumas vezes, mas topou um banho gelado sem reclamar! Inclusive, a cachoeira que mencionei anteriormente, que fica bem pertinho da casa, virou sua favorita.

Uma das cachoeiras dentro da propriedade (Foto: Trip To Follow)

Uma das cachoeiras dentro da propriedade (Foto: Trip To Follow)

No terceiro dia marcamos com Fabio – o caseiro – para fazermos uma caminhada pela propriedade. Ele nos levou por trilhas e andamos pouco mais de 4 km, cruzamos algumas vezes o rio, vimos paisagens lindas e até buracos de barro feitos por javalis durante a noite. A última pausa foi na cachoeira que fica próxima ao redondel, em que a água cruza enormes pedras e formam pequenas piscina onde os não friorentos podem se refrescar.

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Existe a possibilidade de caminhadas mais longas considerando o tamanho da área do sítio. Fabio nos adiantou que, em breve, será construída uma área para acampamento no topo da montanha. Só consigo pensar no visual que deve ter lá!

No mesmo dia em que curtimos a sauna finlandesa – aquela que funciona com lenha -, preparamos um churrasco e arriscamos alguns mergulhos na piscina. Revigorante, fato.

As noites eram na frente do fogo. Aquecendo os pés, tomando um bom vinho e enrolados em um cobertor quando nos arriscávamos a sair no deck para observar as estrelas. Aliás, essa hora merece destaque. Era um dos meus momentos favoritos. Como a casa fica completamente isolada, não há quase nada iluminado na região, o que favorece o avistamento de estrelas e da via láctea. Muito lindo.

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

A casa tem TV a cabo (SKY), uma vasta opção de DVDs, CDs, jogos de tabuleiro e cartas, e Wi-fi, mas funciona para o básico, não te deixando incomunicável. Meu celular é da operadora Claro e funcionava bem em alguns pontos.

|O que fazer

O TRIP TO FOLLOW CONHECEU A VILLA DO SNYH EM TEMPOS DE QUARENTENA. FICAMOS TODOS OS DIAS DENTRO DA CASA, MAS NO FUTURO SERÁ POSSÍVEL FAZER TURISMO NA REGIÃO.

São Francisco Xavier virou destino queridinho dos amantes de esportes de aventura e cachoeiras. Com isso, obviamente, há muito o que fazer na natureza. Algumas empresas da região oferecem passeio a cavalo.

A Cachoeira do Rocandor é uma das mais conhecidas da região. Ela tem um poço para banho e recebe uma queda d’água de 35 metros. Ela fica no encontro entre o Rio do Peixe e o Ribeirão Roncador. Nos dias mais quentes é possível avistar macacos muriquis saltando de uma árvore para outra.

Os amantes de trilhas podem encarar uma das mais procuradas da cidade, que sai da Fazenda Monte Verde e tem uma subida de aproximadamente 12 km até a Pedra da Onça. O percurso costuma demorar 5 horas. Há uma outra caminhada que vão até Monte Verde em um percurso de 22 km que pode demorar até 8 horas.

Se você busca por uma aventura na água, há opções de rafting, canoagem, acqua ride e cascading. Você pode obter mais informações na Central de Informações Turísticas de São José dos Campos pelo telefone 12 3926-1279. Também pretendemos voltar para São Francisco Xavier assim que possível para conhecer essas atividades.

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

|Reserva e preço

Você pode alugar a Villa do Snyh pelo site do Airbnb (link aqui) ou diretamente com o Lars, dono da propriedade. Por lá você também consegue acompanhar as datas disponíveis.

A segunda opção pode ser mais vantajosa, já que ele consegue um desconto especial para hóspedes que entrarem em contato direto com ele pelo telefone ou WhatsApp (11 98261-4378).

Ah! Aproveite e fala que você conheceu a Villa do Snyh aqui pelo Trip To Follow! Tenho certeza que ele vai caprichar ainda mais no desconto!

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

Villa do Snyh, São Francisco Xavier (Foto: Trip To Follow)

No geral, o aluguel da diária da Villa do Snyh custa R$ 980. Esse valor pode variar de acordo com a época do ano e o período selecionado.

Esse é mais um conteúdo do nosso recém-lançado projeto CAÇADORES DE AIRBNB.

Veja mais fotos na galeria abaixo:

IMG_3953

Tags:  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>