Rio de Janeiro não terá mais voos diretos para Nova York

A American Airlines e a Delta vão interromper a operação do trecho com origem no Aeroporto Internacional Tom Jobim

Os cariocas não poderão mais chegar em Nova York, nos Estados Unidos, sem escala a partir de março deste ano. Isso porque a American Airlines e a Delta vão interromper a operação do trecho com origem no Aeroporto Internacional Tom Jobim, conhecido como Galeão.

A American Airlines tinha 7 voos semanais com destino final NY, já a Delta operava com voos sazonais durante a alta temporada.

Em julho de 2017, a Latam deixou de operar voos do Rio para Nova York. A mesma companhia também anunciou que a partir de 1º de abril deixará de oferecer voos para Miami e Orlando com origem no Galeão.

NY (Foto: Thomas Hawk / Flickr)

NY (Foto: Thomas Hawk / Flickr)

Com as mudanças, apenas o aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, terá voos diretos para a Big Apple.

Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), 404.735 passageiros foram levados do Brasil para Nova York e 389.033 de Nova York para aeroportos do Brasil até outubro de 2018.

“A operação em Nova York depende de acordos comerciais entre empresas aéreas e operadores aeroportuários e não da outorga de autoridades da aviação civil”, diz a nota.

Tags:  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>